musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - DROGA DE FELICIDADE - PEDRO HENRIQUE CORREIA COSTA - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Droga de Felicidade letra


Droga de felicidade

Pedro Henrique C Costa


e assim foi, desde que te encontrei,
nada mais importa no mundo,
basta estarmos juntos.

percorremos vales e rios selvagens,
escalamos as montanhas mais altas,
voamos ate tocar as estrelas.

vivemos intensamente cada momento,
todo dia como se fosse o ultimo,
mas o ultimo dia chegou...

e numa manha fria voce me deixou,
desde então meu mundo acabou,
nunca mais teria voce ao meu lado ?

e desde esse dia meu coração congelou,
melher seria nunca ter sentido tanto amor,
a morte maldita caminha ao meu lado

onde esta voce ? - grito a noite a lua,
devolva minha alma ou acabe com a dor,
e me leve num suspiro pra junto do meu amor

nao é possivel esconder tanta dor,
agora mais nada importa,
meu mundo perdeu a cor,
meu mundo cinza ficou

e pergunto onde esta voce,
ja nao sei mais o que fazer,
ja nao adianta chorar...

meu corpo ja nao sangra mais,
pois o coração gelado nao pulsa,
tenho que provar seu doce sabor

o mundo ja nao me agrada mais,
sem te encontrar de que adianta viver ?
lutando com demonios dentro de mim
que a minha vida querem dar um fim

entao comecei a procurar,
algo no mundo pra ficar em seu lugar,
entao escalei de novo os montes
e vi de novo os vales e rios
ao mais fundo oceano mergulhei
buscando em vão seu amor

tenho certeza, juntos iremos ficar
nem que a este mundo eu precide deixar
morrendo so pra te encontrar

se eu soubesse onde estas
correndo ia te encontrar
certeza não tenho, mas preciso tentar

ao inferno iria pra te buscar
ceu no inferno iria se formar
lagos de fogo seriam jardins
so de ter voce junto de mim

demonios ordinarios me convenceram
logo vou ao seu encontro, meu amor
mas so ha um jeito e dele não ha volta
a morte ingrata eu tambem devo beijar

depois desse copo estaremos juntos de novo
o doce veneno cumpra seu destino
e junto com a vida á minha dor extermine

abro os olhos mas esta tudo estranho
sinto-me uma criança pela primeira vez acordando
sera que estou mais perto de voce
ou a morte cadela me enganou outra vez

mas por um instante tudo fez sentido
e senti de novo seu amor comigo
mais forte que nunca parecia me arrastar
mas meu corpo idiota á minha alma foi buscar

e derrepente este ceu acabou
e tudo que senti foi uma grande dor
porque sera que á vida retornei ?

ja nao importa, vou ser paciente
pois se que em algum lugar esperas por mim
e so de sentir isto, ja valeu a pena
desafiar a ardilosa morte indo ate o fim

mas agora eu sei meu amor
que atraves dos mares e ceus
tenho certeza, um dia vou te re-encontrar

nem que leve a eternidade
sinto seu amor me chamar
atraves dos mares
atraves das noites
por toda a aternidade

Pedro Henrique Correia Costa - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br